Como comprovar renda sendo registrado ou autônomo?

Atenção! A Provu não solicita depósito antecipado ou PIX para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Como comprovar renda sendo registrado ou autônomo?

Por Provu

4 Minutos

Publicado em 15 jul, 2020

Atualizado em 15 jul, 2020

4 min de leitura

Link Copiado!

Existem diversas situações em que é preciso saber como comprovar renda. Um exemplo muito presente são os momentos em que precisamos fazer um financiamento ou tomar um empréstimo. É importante lembrar que existe certa diferença de comprovação quando o solicitante é autônomo ou registrado. Conheça as maneiras de comprovar renda neste post. 

Como comprovar renda para fazer um empréstimo?

Um comprovante de renda trata-se de qualquer papel/documento que possa provar para um terceiro quais são os seus recebimentos mensais, sendo fixos ou variáveis. A partir disso, que bancos e instituições financeiras, por exemplo,  podem definir o limite de crédito a ser disponibilizado para os clientes.

Para que preciso comprovar renda em financiamentos/empréstimos? 

A importância que mais se destaca para que você precise comprovar renda, está em garantir para o banco que é capaz de arcar com o compromisso que está estabelecendo no ato de fechar contrato. Existe uma regra nessas empresas que fornecem crédito de que uma pessoa não pode comprometer mais do que 30% da sua renda em um financiamento. Com isso, a intenção do banco é consultar sua renda para as devidas comprovações. 

Como comprovar renda sendo registrado?

Quem trabalha com carteira assinada possui grande vantagem na hora de comprovar renda. Nesse caso, o holerite funciona muito bem como comprovante de renda. O que é holerite? é aquele papel emitido todos os meses com os detalhes do seu salário. Basta reunir os últimos 3 ou 4 holerites e apresentar para a instituição de sua escolha. Geralmente, é possível pegar este documento com o setor de Recursos Humanos da usa empresa. 

Como comprovar renda sendo autônomo? 

Não ter vínculo empregatício pode não ser um problema, mas é preciso de alguns comprovantes a mais. O extrato bancário pode ser uma boa solução. Para ajudá-lo vamos explicar o passo a passo em cinco bancos:

Caixa

  • Entre no Internet Banking da Caixa e acesse com todos os dados da sua conta;
  • Na tela inicial, clique em Minha Conta;
  • Logo após, clique em Extrato por período;
  • Em Outro Mês, escolha o mês e clique em Continuar;
  • Na visualização do seu extrato, clique em Imprimir e, logo após, selecione Salvar como PDF;
  • Feito isso clique em Salvar para escolher onde salvar o arquivo.

Banco do Brasil:

  • Entre no Internet Banking do Banco do Brasil e acesse com todos os dados da sua conta;
  • No menu à esquerda, clique em Conta Corrente;
  • Sob Extrato, clique novamente em Conta Corrente;
  • Escolha o mês e clique no ícone de download (canto superior direito);
  • Selecione PDF para gerar o extrato.

Bradesco:

  • Entre no Internet Banking do Bradesco e acesse com todos os dados da sua conta;
  • Clique em Saldos e Extratos (menu superior);
  • Em Conta Fácil, clique em Extrato mensal/por período;
  • Em seguida, escolha o mês ou período desejado (clique em Buscara);
  • Clique no ícone de disquete para Salvar como arquivo e, em seguida, escolha PDF em Outros.

Santander 

  • Acesse o Internet Banking do Santander e acesse com todos os dados da sua conta;
  • Clique em Conta Corrente e, em seguida, em Extrato Consolidado Mensal;
  • Clique em Opções na linha referente ao mês e, em seguida, em Visualizar;
  • Salve o arquivo PDF em uma local de fácil acesso. 

A maior parte dos bancos possuem aplicativos com essas opções para puxar o extrato diretamente do APP. 

Consigo fazer um emprestimo sem comprovar renda? 

Existem sim algumas possibilidades de contratar um empréstimo sem comprovar renda, como o empréstimo com garantia, por exemplo. Isso não quer dizer que seja a melhor opção, já que se você ficar inadimplente não só o seu nome ficará sujo como o seu bem será retomado pela instituição financeira. 

O empréstimo para autônomo online pode ser uma alternativa, já que você pode tomar um empréstimo com o seu CPF e usar o dinheiro independente da sua finalidade. Mesmo que necessite comprovar renda, os seus extratos podem servir e você tem chances de ser aprovado na mesa de crédito. 

Escrito por: Provu

Sem comentários ...

Fazer um comentário:

Conteúdos relacionados
Autônomo
Linha de crédito para Micro Empresa e Pequena Empresa

Uma companhia (seja ela micro ou pequena empresa ) começa com um sonho e uma boa ideia, seguidos de um...

26 abr, 2021
Ler artigo
Autônomo
Como conseguir empréstimo para empresa?

Modalidades de empréstimo para empresa são uma condição bastante natural na rotina das empresas. A que...

24 abr, 2021
Ler artigo
Autônomo
Como fechar MEI de graça?

Quem é MEI pode realizar o cancelamento do CNPJ online sem custos Quem é Microempreendedor Individual ...

20 abr, 2021
Ler artigo
s

A provu.com.br pertence à PROVU, CNPJ: 20.265.259/0001-71, com sede na Rua Pais Leme, 524 – Pinheiros, São Paulo – SP, Brasil – CEP: 05424-010.

 

A Provu não é uma instituição financeira, mas sim um prestador de serviços correspondente bancário nos termos do artigo 2º, da Resolução CMN nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011 atuando para as instituições financeiras: SOROCRED CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S/A – CNPJ: 04.814.563/0001-74 e PROVU SOCIEDADE DE CRÉDITO DIRETO S.A – CNPJ Nº 42.627.615/0001-92.

 

Informações gerais sobre as operações de crédito ofertadas: a taxa de juros para empréstimo pessoal varia de 1,99% a 10,95% ao mês. O CET (Custo Efetivo Total) pode variar de 2,39% a.m. (32,77% a.a.) a 11,17% a.m. (256,33% a.a.), dependendo da análise de crédito do cliente e do prazo de pagamento, que pode ser de 12,18, 24, 30 ou 36 meses.

 

Exemplo: valor: R$ 9.000,00; prazo: 18 meses; taxa de juros: 3,52% a.m.; 51,52% a.a.; CET 58,35% a.a.; parcelas: R$ 702,09; IOF: R$ 242,13; valor total: R$ 12.637,62. Estes valores são exemplificativos e poderão variar de acordo com a política de crédito.