O que é conta conjunta?

Atenção! A Provu não solicita pagamento antecipado para a liberação do Provu Empréstimo Pessoal.

O que é conta conjunta?

Publicado em 22 mar, 2021

Atualizado em 25 jul, 2022

1 min de leitura

Link Copiado!

Conta conjunta ou conta corrente conjunta é uma modalidade de conta para quem precisa compartilhar dados e receita; confira

Quando duas ou mais pessoas decidem ser titulares da mesma conta bancária, ela torna-se uma conta conjunta. Uma conta conjunta pode ser aberta ou transformada em uma, como nos casos onde pessoas já possuem uma conta individual e optam por colocar um outro titular.

Basicamente a conta conjunta é uma conta corrente comum, adepta por muitos casais que optam por ter apenas um local para pagar as contas e investir o dinheiro.

Sobre esses casais dos quais falamos, existe uma questão de grande importância a ser considerada aqui, e já falamos sobre ele em vários outros conteúdos: o planejamento financeiro. Se para um indivíduo é essencial que se construa uma vida financeira saudável e próspera, quando falamos de casais a situação é ainda mais delicada.

Ao decidir abrir uma conta conjunta com o seu companheiro (a), seus sonhos, planos e dificuldades são refletidos também na outra pessoa. Para te ajudar um pouco mais, preparamos um guia de boas práticas a respeito do planejamento financeiro antes e durante o casamento.

Como abrir uma conta conjunta?

O processo para abertura de uma conta conjunta é o mesmo de uma conta individual. Contudo, todos os colaboradores precisam estar presentes para assinar o contrato.

A documentação é a mesma de um conta simples:

  • Comprovante de renda;
  • Um comprovante de residência, dos últimos 3 meses (pois precisa ser atual);
  • Documento oficial de identificação com foto.

Quem pode solicitar?

No começo desse conteúdo nós falamos sobre casais que decidem compartilhar as finanças através de uma conta conjunta, mas a verdade é que eles não são os únicos.

Pais e filhos também são muito comuns de se ver com algum formato de conta conjunta. Quando os filhos passam a ser responsáveis pelas finanças de seus pais, ou ao menos responsáveis por ajudá-los a administrar o dinheiro e pagar as contas, é natural que eles compartilhem algum dinheiro.

Sendo assim, é comum que esse tipo de conta seja aberta com a colaboração entre pais e filhos, para que ambos consigam movimentar dinheiro quando haver um momento de necessidade.

Quais os tipos de conta podem ser abertos?

Contas conjuntas podem ser poupança, corrente ou ambas, se os titulares decidirem. Esses formatos são bastante básicos e não tem diferença para contas individuais. O que muda são os tipos de conta no sentido de movimentação.

Conta Conjunta Solidária: na forma solidária, todos os titulares podem movimentar a conta a qualquer momento. Com isso, dá para fazer: depósitos, saques e todas as operações padrão, de cartão, internet banking, cheque e afins.

Conta Conjunta Não-Solidária: neste formato, para que um titular possa movimentar a conta, todos os demais precisam autorizar. Quando essa é a opção, os responsáveis pela conta podem solicitar talões de cheque assinados por todos e liberados quando necessário. No caso de saque, deve-se ir a agência os envolvidos da conta. Dessa forma, essa linha de conta acaba não sendo a primeira opção de muita gente.

Quais as vantagens e desvantagens de se ter conta conjunta?

As vantagens estão na possibilidade de melhor gestão de despesas da casa, por exemplo, quando um casal já vive junto. Além disso, quando duas fontes de renda coincidem em uma mesma conta, fica mais simples juntar um valor mais alto e realizar investimento em conjunto.

É claro que ninguém quer ou planeja que uma relação termine, pois quando planos são traçados sem esse pensamento. No entanto, o planejamento para o final de uma relação é preciso nesse momento. No caso de uma separação onde a conta será finalizada, a não ser que ambas as partes decidam a melhor forma de fazer a divisão, a instituição bancária dividirá o saldo em partes iguais, não importando qual dos dois realizou mais aportes.

Ainda falando sobre o planejamento de um casal, se um dos dois toma um empréstimo ou contrair dívidas, ela pertence aos dois. E para situações onde um alguém do casal já possua dívidas anteriores a abertura da conta, o saldo da conta conjunta pode ser bloqueado por penhora. Pois, o valor pode ser cobrado pela instituição credora.

Existe conta conjunta digital?

Ainda que fintechs e contas digitais atraiam cada vez mais adeptos nos dias de hoje, contas conjuntas ainda são exclusividade de bancos tradicionais.

Por fim, tem alguma dúvida? Chama a gente aqui nos comentários que vamos ficar felizes em atender você. Para conhecer um pouco mais a Provu, acesse nossas redes sociais!

Escrito por: Provu

A Provu surgiu sob o nome de Lendico, mas em 2021 mudou de marca por uma decisão estratégica de reposicionamento e maior alcance dos produtos financeiros. Com essa transformação, trazemos um novo conceito, com a premissa de oferecer mais soluções para os brasileiros mantendo a eficiência, reputação e história da Lendico.

Sem comentários ...

Fazer um comentário:

Conteúdos relacionados
Educação Financeira
Teste: como está sua saúde financeira?

A equipe da Provu preparou um teste para você saber como anda sua saúde financeira e se você precisa p...

27 abr, 2022
Ler artigo
Educação Financeira
Previdência Social: entenda o que é e como funciona

Você já deve ter ouvido idosos falar sobre previdência social. Mas afinal, do que se trata este termo ...

21 abr, 2022
Ler artigo
Educação Financeira
Renda extra: o que é e como ganhar em 2022?

Renda extra é o assunto do momento, e nada melhor do que começar o ano ganhando mais dinheiro, não é m...

14 abr, 2022
Ler artigo

Associações

Prêmios

A provu.com.br pertence à PROVU, CNPJ: 20.265.259/0001-71, com sede na Rua Pais Leme, 524 – Pinheiros, São Paulo – SP, Brasil – CEP: 05424-010.

 

A Provu não é uma instituição financeira, mas sim um prestador de serviços correspondente bancário nos termos do artigo 2º, da Resolução CMN nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011 atuando para as instituições financeiras: SOROCRED CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S/A – CNPJ: 04.814.563/0001-74 e PROVU SOCIEDADE DE CRÉDITO DIRETO S.A – CNPJ Nº 42.627.615/0001-92.

 

Informações gerais sobre as operações de crédito ofertadas: a taxa de juros para empréstimo pessoal varia de 1,99% a 10,95% ao mês. O CET (Custo Efetivo Total) pode variar de 2,39% a.m. (32,77% a.a.) a 11,17% a.m. (256,33% a.a.), dependendo da análise de crédito do cliente e do prazo de pagamento, que pode ser de 12,18, 24, 30 ou 36 meses.

 

Exemplo: valor: R$ 9.000,00; prazo: 18 meses; taxa de juros: 3,52% a.m.; 51,52% a.a.; CET 58,35% a.a.; parcelas: R$ 702,09; IOF: R$ 242,13; valor total: R$ 12.637,62. Estes valores são exemplificativos e poderão variar de acordo com a política de crédito.

 

Desde 2015 revolucionando o acesso ao crédito, a Provu é uma financeira com serviços totalmente digitais que vive o Brasil e o sonho dos brasileiros. A empresa tem vocação humana, enxerga as necessidades e entende os desejos de cada pessoa, com o propósito de amparar os brasileiros com soluções para que realizem planos, saiam da dívida cara e tenham poder de compra.