Conta corrente: descubra o que a deixa no vermelho!

Atenção! A Provu não solicita depósito antecipado ou PIX para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Conta corrente: descubra o que a deixa no vermelho!

Por Provu

1 Minuto

Publicado em 21 mai, 2016

Atualizado em 21 jun, 2022

1 min de leitura

Link Copiado!

Cansado de terminar todos os meses com a conta corrente no vermelho? Para terminar com esse hábito e evitar que ele continue acontecendo ao longo do ano é importante identificar o que está influenciando. Alguns motivos podem ser óbvios e outros nem tanto. Por isso, a Provu selecionou algumas dicas para ajudá-lo a descobrir o motivo e colocar o seu orçamento em dia e começar a poupar!

O principal problema da conta corrente pode ser você!

A ligação emocional do orçamento com a carteira é muito mais íntima do que imaginamos; por exemplo, pessoas tendem a comprar impulsivamente quando estão deprimidas, como uma forma de recompensa. Nesse momento, entram numa armadilha e podem gastar mais do que a renda comporta. É preciso ter cautela com esse tipo de gasto pois, pela empolgação do momento, podem desembolsar mais do que o orçamento deixa.

Falta de planejamento financeiro

A palavra que define a rotina de pessoas que possuem uma saúde financeira estável é planejamento. Se ainda não se planejou hoje, saiba que já está atrasado e, pior ainda, perdendo dinheiro em gastos aleatórios e supérfluos. Por isso, a principal dica é: planeje-se, planeje-se e planeje-se. Uma planilha de controle de gastos é um ótimo começo. Com dedicação, perceberá que após alguns meses terá mais dinheiro na conta corrente do que quando não se organizava.

Os gastos fixos estão altos

Quando colocar todas as contas fixas no papel, sua prioridade deverá ser os gastos que envolvam moradia, como IPTU, aluguel, condomínio, água, luz, gás. É imprescindível colocá-los em dia pois, uma vez que você perde o controle dessas contas, o problema poderá ser muito pior. Contudo, é importante considerar se esses gastos não passam 50% da sua renda mensal, que é a porcentagem ideal. Caso ultrapassem disso, fique atento, pois você pode não conseguir economizar tanto quanto gostaria.

Gastando mais do que economizando

Você que termina o mês sem dinheiro e aguarda, ansiosamente, pelo último dia útil para receber o pagamento? Afinal, por que guardar 20% do seu salário nesse mês se pode torrar tudo e terá a mesma quantia no próximo? ERRADO. Se você mantém esse pensamento está na hora de se reinventar. Sem contar que, aqueles que iniciam uma poupança cedo, logo nos primeiros meses de trabalho, possuem mais chances de terem uma renda favorável para uma aposentadoria tranquila.

O cheque especial não é amigo

Achando que o cheque especial é a extensão do seu salário ou renda mensal? Não está certo. Atualmente, essa é a segunda linha de crédito no Brasil com os juros mais altos, perdendo apenas para o cartão de crédito que já passa dos 445% ao ano. Entenda mais aqui os riscos que o cheque especial apresenta para o seu bolso. Se precisar de dinheiro extra escolha uma linha de crédito alternativa, como o empréstimo online, que apresenta taxas mais baixas.

Muito menos o cartão de crédito

Não pense que além do cheque especial, o cartão de crédito também é amigo. Ele é o vilão no orçamento de qualquer brasileiro, pois é a linha de crédito com os juros mais altos atualmente. O certo é mantê-lo apenas para emergências, em situações que são necessárias e não para motivos supérfluos ou acumulo de pontos no programa de fidelidade.

Precisando de ajuda para sair do vermelho e fazer as pazes com a sua carteira? Mande hoje a sua proposta de crédito para nós! Podemos ter o empréstimo pessoal ideal para o seu bolso! Empresas como a Provu oferecem crédito pessoal com o CET bem mais vantajoso, pois como não possuem agências, o custo da operação é reduzido e essa vantagem é passada para os tomadores de crédito porque as taxas de juros são realmente as melhores do mercado.

SOLICITAR MEU EMPRÉSTIMO

Escrito por: Provu

Sem comentários ...

Fazer um comentário:

Conteúdos relacionados
Educação Financeira
Teste: como está sua saúde financeira?

A equipe da Provu preparou um teste para você saber como anda sua saúde financeira e se você precisa p...

27 abr, 2022
Ler artigo
Educação Financeira
Previdência Social: entenda o que é e como funciona

Você já deve ter ouvido idosos falar sobre previdência social. Mas afinal, do que se trata este termo ...

21 abr, 2022
Ler artigo
Educação Financeira
Renda extra: o que é e como ganhar em 2022?

Renda extra é o assunto do momento, e nada melhor do que começar o ano ganhando mais dinheiro, não é m...

14 abr, 2022
Ler artigo
s

A provu.com.br pertence à PROVU, CNPJ: 20.265.259/0001-71, com sede na Rua Pais Leme, 524 – Pinheiros, São Paulo – SP, Brasil – CEP: 05424-010.

 

A Provu não é uma instituição financeira, mas sim um prestador de serviços correspondente bancário nos termos do artigo 2º, da Resolução CMN nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011 atuando para as instituições financeiras: SOROCRED CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S/A – CNPJ: 04.814.563/0001-74 e PROVU SOCIEDADE DE CRÉDITO DIRETO S.A – CNPJ Nº 42.627.615/0001-92.

 

Informações gerais sobre as operações de crédito ofertadas: a taxa de juros para empréstimo pessoal varia de 1,99% a 10,95% ao mês. O CET (Custo Efetivo Total) pode variar de 2,39% a.m. (32,77% a.a.) a 11,17% a.m. (256,33% a.a.), dependendo da análise de crédito do cliente e do prazo de pagamento, que pode ser de 12,18, 24, 30 ou 36 meses.

 

Exemplo: valor: R$ 9.000,00; prazo: 18 meses; taxa de juros: 3,52% a.m.; 51,52% a.a.; CET 58,35% a.a.; parcelas: R$ 702,09; IOF: R$ 242,13; valor total: R$ 12.637,62. Estes valores são exemplificativos e poderão variar de acordo com a política de crédito.