Devo depositar para conseguir empréstimo?

Atenção! A Provu não solicita depósito antecipado ou PIX para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Devo depositar para conseguir empréstimo?

Por Provu

4 Minutos

Publicado em 16 set, 2019

Atualizado em 16 set, 2019

4 min de leitura

Link Copiado!

Muitas pessoas têm dúvida sobre realizar depósito antes de conseguir um empréstimo. A questão é: Devo realmente depositar?

Não! Você nunca depositar para conseguir um empréstimo!

Depositar para conseguir um empréstimo é ilegal. Ou seja, é um golpe. Desconfie imediatamente se o lugar onde você solicitou empréstimo pedir para que faça um depósito numa conta antes de você receber o empréstimo.

Muitos golpistas usam diversas desculpas para pedir dinheiro e todas são ilegais. Veja as mais comuns:

Como eles tentam enganar?

  • Fiador: Os golpistas dizem quem você precisa pagar um fiador para o empréstimo acontecer. Isso não é verdade. Um empréstimo pessoal leva em consideração somente a sua condição financeira.
  • Adiantar parcelas: Isso não existe. Uma parcela é calculada de acordo com a capacidade de pagamento do cliente. Como uma empresa pode exigir o adiantamento de algumas delas antes de a pessoa ter o empréstimo. Isso é ilegal!
  • IOF: O IOF é um imposto cobrado obrigatoriamente em operações de crédito. Mas o seu valor é diluído nas parcelas, e não pago antes do empréstimo ser realizado. Veja neste artigo como o IOF funciona.
  • Melhorar o Score: O credit score é geralmente fornecido por empresas como a Serasa e o Boa Vista. E não, não é possível melhorar esse número pagando. Neste outro artigo falamos mais como ele é constrúido e como melhorar.
  • Seguro: Muitas empresas fazem oferecem seguro ao conceder empréstimo. Ele geralmente pagam algums parcelas em caso de desemprego, por exemplo. Mas esse valor adiantado é golpe. Assim como o IOF, esse valor é diluído nas parcelas.
  • Ameaçam processo: pode parecer inacreditável, mas há golpistas que ameaçam processar o cliente se ele não pagar essas taxas ilegais. Isso não vai acontecer. Primeiro porque você não é obrigado a comprar nada e, mesmo que tenha comprado, o Código de Defesa do Consumidor garante que você pode desistir da compra (até mesmo de um empréstimo).
  • Ameaçam negativar: da mesma forma do caso anterior, é uma ameaça sem fundamento. Como alguém pode te negativar por um crédito que você não tomou? Não caia nessa.
  • Pedir comissionamento: é normal que parceiros de instituições financeiras ganhem comissões com empréstimos. Mas quem paga isso é o banco, não o cliente. Essa atividade também é ilegal.

Como conferir se o empréstimo é seguro?

Empresas sérias nunca pedem valores adiantado. Não importa o motivo! Mas há alguns jeitos de saber se a empresa é séria.

  1. Procure o atendimento do site da empresa. Se alguém está falando com você via whastapp, por exemplo, procure o site e ligue no serviço de atendimento tirando as dúvidas.
  2. Desconfie de propostas milagrosas. Um empréstimo muito barato para negativados ainda não existe no mercado. Quando a esmola é demais o santo desconfia, não é?
  3. Procure em sites como Google e Reclame Aqui. Lá você verá o que as pessoas estão falando sobre o site e se é seguro.
  4. Essa empresa saí na imprensa? Empresas sérias saem em reportagens. Veja aqui quando a Provu saiu na imprensa.

Então qual é o procedimento correto?

O procedimento de empréstimo normalmente se dá em:

  1. Solicitação de empréstimo, na qual você fornece os seus dados pessoais para que a instituição financeira possa analisar o seu crédito.

  1. Formalização de empréstimo, que consiste em assinar a CCB (Cédula de Crédito Bancário), um contrato de empréstimo para formalizar o seu crédito.

  1. Recebimento do valor de empréstimo, que normalmente é via depósito na sua conta corrente.
  2. Pagamento das parcelas, em que você paga periodicamente o valor das parcelas de empréstimo dentro da data de vencimento.

Já percebeu que em nenhum momento há depósito antecipado? Pois agora que você entendeu que essa prática é ilegal, fique atento na hora de procurar e avaliar um crédito.

O que fazer se fui vítima de um golpe ao depositar para conseguir empréstimo?

Se isso aconteceu, não se desespere. Não fale mais com o golpista e procure a polícia para fazer um boletim de ocorrência.

Escrito por: Provu

Sem comentários ...

Fazer um comentário:

Conteúdos relacionados
Empréstimo
Cálculo de empréstimo consignado: entenda como funciona

Se você já precisou de um dinheirinho a mais para realizar algo, possivelmente já pensou em tomar um e...

03 mai, 2022
Ler artigo
Empréstimo
Quem pode fazer empréstimo?

O empréstimo é uma boa opção para aqueles que desejam trocar uma dívida cara por outra mais barata, ou...

10 mar, 2022
Ler artigo
Empréstimo
Vale a pena pedir um empréstimo para dívidas do começo do ano?

Todo novo ano traz consigo alguns impostos como IPTU, IPVA e outros débitos, como material escolar. Ma...

06 jan, 2022
Ler artigo
s

A provu.com.br pertence à PROVU, CNPJ: 20.265.259/0001-71, com sede na Rua Pais Leme, 524 – Pinheiros, São Paulo – SP, Brasil – CEP: 05424-010.

 

A Provu não é uma instituição financeira, mas sim um prestador de serviços correspondente bancário nos termos do artigo 2º, da Resolução CMN nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011 atuando para as instituições financeiras: SOROCRED CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S/A – CNPJ: 04.814.563/0001-74 e PROVU SOCIEDADE DE CRÉDITO DIRETO S.A – CNPJ Nº 42.627.615/0001-92.

 

Informações gerais sobre as operações de crédito ofertadas: a taxa de juros para empréstimo pessoal varia de 1,99% a 10,95% ao mês. O CET (Custo Efetivo Total) pode variar de 2,39% a.m. (32,77% a.a.) a 11,17% a.m. (256,33% a.a.), dependendo da análise de crédito do cliente e do prazo de pagamento, que pode ser de 12,18, 24, 30 ou 36 meses.

 

Exemplo: valor: R$ 9.000,00; prazo: 18 meses; taxa de juros: 3,52% a.m.; 51,52% a.a.; CET 58,35% a.a.; parcelas: R$ 702,09; IOF: R$ 242,13; valor total: R$ 12.637,62. Estes valores são exemplificativos e poderão variar de acordo com a política de crédito.