Tenho uma dívida no cheque especial, posso perder meus bens?

Atenção! A Provu não solicita pagamento antecipado para a liberação do Provu Empréstimo Pessoal.

Tenho uma dívida no cheque especial, posso perder meus bens?

Publicado em 19 out, 2017

Atualizado em 25 jul, 2022

1 min de leitura

Link Copiado!

É normal que quem fique inadimplente se preocupe com os bens que tem em seu nome. Hoje vamos explicar o que acontece com os bens de quem deixa de pagar o cheque especial, por exemplo.

Tenho uma dívida no cheque especial, e agora?

Quem tem uma dívida pode ter sim seus bens tomados ou penhorados e até mesmo leiloados para quitação do débito, mas existem algumas formas de isso acontecer.

Quando o consumidor toma um empréstimo com garantia ou faz financiamento de um bem, aquele bem é garantia do negócio. Assim, em caso de inadimplência, o bem poderá ser apreendido e até mesmo perdido definitivamente. A vantagem do empréstimo com garantia é que ele costuma apresentar juros mais baixo que outras modalidades de crédito, mas os riscos precisam ser considerados. Além disso, para tomar este tipo de crédito é necessário ter um bem quitado.

Já no caso da dívida no cheque especial, por exemplo, ela pode sim acabar causando a perda de um bem, mas o processo é diferente. Como o imóvel ou automóvel não é objeto de garantia desta dívida, para que o banco possa tomá-lo será necessário passar por um longo processo judicial. Mas claro, é mais difícil perder o bem, mas não impossível. Portanto, tenha muito cuidado com a inadimplência, até porque ela pode levá-lo à negativação do nome em órgãos de proteção ao crédito como SPC e Serasa e à dívidas muito caras, já que os juros do cheque especial são muito altos.

Renegocie a dívida

O melhor negócio é renegociar a dívida para quitá-la pagando juros mais baixos e em menos tempo. Para isso é possível utilizar o empréstimo pessoal como alternativa para quitar o cheque especial, pois seu custo final é muito mais baixo. Mas antes de contratar, não se esqueça de fazer uma boa pesquisa e comparar o Custo Efetivo Total (CET) oferecido em cada instituição. Este dado é fundamental para saber se está fazendo realmente um bom negócio.

Tenha cuidado também com empresas que peçam depósito antecipado para liberação de empréstimo. Esta prática é ilegal. Se uma instituição fizer esta exigência, procure os órgãos responsáveis. Uma boa alternativa é sempre procurar saber sobre a reputação da empresa, seja na imprensa ou nas redes sociais.

SOLICITAR MEU EMPRÉSTIMO

Escrito por: Provu

A Provu surgiu sob o nome de Lendico, mas em 2021 mudou de marca por uma decisão estratégica de reposicionamento e maior alcance dos produtos financeiros. Com essa transformação, trazemos um novo conceito, com a premissa de oferecer mais soluções para os brasileiros mantendo a eficiência, reputação e história da Lendico.

Sem comentários ...

Fazer um comentário:

Conteúdos relacionados
Cheque Especial
O que é e como funciona cheque especial?

Cheque especial nada mais é do que o limite implementado na conta bancária com o propósito de dar créd...

08 out, 2021
Ler artigo
Cheque Especial
Como sair do cheque especial?

Saber como sair do cheque especial é essencial para construir uma boa saúde financeira, já que essa é ...

23 abr, 2021
Ler artigo
Cheque Especial
Juros do cheque especial atigem o maior nível em 2 anos

Uma pesquisa realizada pela Fundação Procon-SP em março de 2019 revelou que os juros do cheque especia...

18 mar, 2019
Ler artigo

Associações

Prêmios

A provu.com.br pertence à PROVU, CNPJ: 20.265.259/0001-71, com sede na Rua Pais Leme, 524 – Pinheiros, São Paulo – SP, Brasil – CEP: 05424-010.

 

A Provu não é uma instituição financeira, mas sim um prestador de serviços correspondente bancário nos termos do artigo 2º, da Resolução CMN nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011 atuando para as instituições financeiras: SOROCRED CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S/A – CNPJ: 04.814.563/0001-74 e PROVU SOCIEDADE DE CRÉDITO DIRETO S.A – CNPJ Nº 42.627.615/0001-92.

 

Informações gerais sobre as operações de crédito ofertadas: a taxa de juros para empréstimo pessoal varia de 1,99% a 10,95% ao mês. O CET (Custo Efetivo Total) pode variar de 2,39% a.m. (32,77% a.a.) a 11,17% a.m. (256,33% a.a.), dependendo da análise de crédito do cliente e do prazo de pagamento, que pode ser de 12,18, 24, 30 ou 36 meses.

 

Exemplo: valor: R$ 9.000,00; prazo: 18 meses; taxa de juros: 3,52% a.m.; 51,52% a.a.; CET 58,35% a.a.; parcelas: R$ 702,09; IOF: R$ 242,13; valor total: R$ 12.637,62. Estes valores são exemplificativos e poderão variar de acordo com a política de crédito.

 

Desde 2015 revolucionando o acesso ao crédito, a Provu é uma financeira com serviços totalmente digitais que vive o Brasil e o sonho dos brasileiros. A empresa tem vocação humana, enxerga as necessidades e entende os desejos de cada pessoa, com o propósito de amparar os brasileiros com soluções para que realizem planos, saiam da dívida cara e tenham poder de compra.