Empréstimo? Saiba os 5 cuidados que devemos ter!

Atenção! A Provu não solicita depósito antecipado ou PIX para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Empréstimo? Saiba os 5 cuidados que devemos ter!

Por Provu

1 Minuto

Publicado em 30 jun, 2016

Atualizado em 28 jun, 2022

1 min de leitura

Link Copiado!

Férias, reforma da casa ou imprevisto financeiro? Independente do motivo, temos muitos planos e sonhos que desejamos realizar, mas como fazer isso sem usar o limite total do cartão de crédito, por exemplo? Já pensou em empréstimo?

Empréstimo pessoal apresenta um Custo Efetivo Total e taxa de juro mais barata que a do cheque especial e cartão de crédito. Mas quais os cuidados ao solicitar um empréstimo? A Provu te dá dicas:

1. Pesquise qual a melhor oferta

Controle o impulso. Tomar um crédito é uma decisão séria e deve ser pensada com muita cautela porque você assumirá um compromisso financeiro. É preciso avaliar se a operação é realmente necessária. Colocou no papel todas as suas despesas e ganhos? O CET vale a pena? O importante é não se endividar ainda mais com ele.

2. Como é o seu histórico de pagamentos?

O seu CPF está regularizado? Uma das coisas mais importantes avaliadas pelas financeiras e bancos é o histórico de pagamentos da pessoa. Quando a inadimplência é constante com as contas básicas -- como moradia e impostos -, essa fator influencia na concessão do empréstimo e na análise de crédito. Leia aqui, damos algumas dicas para regularizar o seu, caso esteja negativado.

3. O seu perfil também conta…

Seu rendimento mensal, sua profissão, o vínculo empregatício e estado civil também influenciam o pedido de empréstimo, sabia? Colaboradores do setor público, por exemplo, têm mais estabilidade no emprego e podem ser clientes com perfis melhores do que aqueles que não têm uma renda mensal fixa.

4. Por isso, nada de mentir!

Mentir o rendimento mensal em uma solicitação de empréstimo não é legal. Isso fará com que você entre na lista negra do banco e/ou da instituição financeira, se for comprovar a renda indicada e não conseguir. Siga a nossa dica e não dê um passo maior do que o seu bolso pode aguentar.

Já fez o planejamento do empréstimo?

Adquiriu o empréstimo, mas não fez o planejamento financeiro? Saiba que você pode perder mais dinheiro do que imagina. Por que? Ter um plano antes da solicitação e colocá-lo em prática é uma maneira de se livrar de uma dor de cabeça ainda maior no futuro.

Escrito por: Provu

Sem comentários ...

Fazer um comentário:

Conteúdos relacionados
Empréstimo
Cálculo de empréstimo consignado: entenda como funciona

Se você já precisou de um dinheirinho a mais para realizar algo, possivelmente já pensou em tomar um e...

03 mai, 2022
Ler artigo
Empréstimo
Quem pode fazer empréstimo?

O empréstimo é uma boa opção para aqueles que desejam trocar uma dívida cara por outra mais barata, ou...

10 mar, 2022
Ler artigo
Empréstimo
Vale a pena pedir um empréstimo para dívidas do começo do ano?

Todo novo ano traz consigo alguns impostos como IPTU, IPVA e outros débitos, como material escolar. Ma...

06 jan, 2022
Ler artigo
s

A provu.com.br pertence à PROVU, CNPJ: 20.265.259/0001-71, com sede na Rua Pais Leme, 524 – Pinheiros, São Paulo – SP, Brasil – CEP: 05424-010.

 

A Provu não é uma instituição financeira, mas sim um prestador de serviços correspondente bancário nos termos do artigo 2º, da Resolução CMN nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011 atuando para as instituições financeiras: SOROCRED CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S/A – CNPJ: 04.814.563/0001-74 e PROVU SOCIEDADE DE CRÉDITO DIRETO S.A – CNPJ Nº 42.627.615/0001-92.

 

Informações gerais sobre as operações de crédito ofertadas: a taxa de juros para empréstimo pessoal varia de 1,99% a 10,95% ao mês. O CET (Custo Efetivo Total) pode variar de 2,39% a.m. (32,77% a.a.) a 11,17% a.m. (256,33% a.a.), dependendo da análise de crédito do cliente e do prazo de pagamento, que pode ser de 12,18, 24, 30 ou 36 meses.

 

Exemplo: valor: R$ 9.000,00; prazo: 18 meses; taxa de juros: 3,52% a.m.; 51,52% a.a.; CET 58,35% a.a.; parcelas: R$ 702,09; IOF: R$ 242,13; valor total: R$ 12.637,62. Estes valores são exemplificativos e poderão variar de acordo com a política de crédito.