Vale fazer empréstimo de antecipação do 13° salário?

Atenção! A Provu não solicita depósito antecipado ou PIX para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Vale fazer empréstimo de antecipação do 13° salário?

Por Provu

4 Minutos

Publicado em 27 jul, 2017

Atualizado em 27 jul, 2017

4 min de leitura

Link Copiado!

Já há muitos bancos e instituições oferecendo a seus clientes antecipação do 13º salário e da restituição do Imposto de Renda. O fato é que preciso que o consumidor tenha em mente que isso é um tipo de empréstimo e que pagará juros. Além disso, deve ter em mente a possibilidade de não receber o dinheiro esperado.

Como funciona o empréstimo de antecipação de 13º salário

O valor referente ao décimo terceiro salário só cai na conta do trabalho CLT no final do ano, mas é possível que você já tenha dívidas batendo à sua porta, não é mesmo? Pois isso pode fazer com que caia na tentação de tomar um empréstimo de antecipação deste valor.

O mesmo vale para quem fez a declaração do Imposto de Renda e tem algo a receber. É comum que os bancos ofereçam aos clientes a possibilidade de antecipação do valor, mas as taxas de juros podem ser mais altas do que outras modalidades de crédito.

O que é preciso considerar

É claro que a lista pode ser muito extensa, mas antes de realmente considerar a contratação da antecipação de 13º salário, alguns fatores básicos precisam avaliados:

  • Você tem uma dívida com juros mais caros?
  • Já avaliou outras modalidades de crédito?
  • Fez uma comparação entre o CET oferecido pelo banco e o de outras instituições?
  • Precisa do dinheiro antecipado para suprir uma emergência?
  • Tem condições de honrar com o pagamento do empréstimo para não ficar negativado quando ele for cobrado?
  • Se você não tiver o dinheiro agora, poderá ter uma penalidade, mesmo que não seja em juros?

Além dos pontos acima, é preciso entender o empréstimo online, seja ele de antecipação ou outra modalidade de crédito. Ter consciência da taxa de juros que está pagando e do Custo Efetivo Total, saber se as parcelas cabem no seu orçamento e conhecer o valor total que está pagando pelo dinheiro tomado são informações que ajudam na tomada de decisão.

Como resumo deve-se considerar que quem tem uma dívida mais cara pode aproveitar este empréstimo para pagar menos juros. Mas nunca contrate sem comparar com outras ofertas de crédito no mercado. Além disso, há os casos em que não ter o dinheiro antecipado pode lhe causar prejuízos não materiais. Exemplos disso: a matrícula para um curso, que possa ser perdida sem o pagamento neste momento; o investimento em algo relevante para sua empresa e urgente; contas de primeira necessidade que estão sem pagamento (ex: energia, água, etc). Para cada situação é preciso ter uma avaliação.

Cuidado com as antecipações!

Lembre-se, quando você faz o pedido de antecipação está considerando um dinheiro que pode vir, mas que ainda não é totalmente garantido. Se você toma um empréstimo de antecipação do 13º salário e é demitido, é possível que não tenha o valor total no momento em que ele for cobrado. Além disso, no caso do Imposto de Renda, é possível que a restituição seja menor do que o esperado ou mesmo não seja paga. O consumidor tem que estar ciente destes riscos antes de contratar a antecipação.

O que mais preciso saber sobre antecipação de 13º salário

  • A antecipação significa a possibilidade de receber de forma imediata o 13º salário pagando juros para isso.
  • A quantia antecipada varia conforme a política do banco. Em geral é oferecido 80% do valor do salário. Ainda assim é possível encontrar instituições que antecipem até 100%.
  • A antecipação é um empréstimo. Quando cobrado, o banco ficará com um valor maior do que aquele que antecipou.
  • Mesmo que seu 13º não seja pago, por algum motivo, o banco fará o débito do valor na data definida no contrato.

SOLICITAR MEU EMPRÉSTIMO

Escrito por: Provu

Sem comentários ...

Fazer um comentário:

Conteúdos relacionados
Empréstimo
Cálculo de empréstimo consignado: entenda como funciona

Se você já precisou de um dinheirinho a mais para realizar algo, possivelmente já pensou em tomar um e...

03 mai, 2022
Ler artigo
Empréstimo
Quem pode fazer empréstimo?

O empréstimo é uma boa opção para aqueles que desejam trocar uma dívida cara por outra mais barata, ou...

10 mar, 2022
Ler artigo
Empréstimo
Vale a pena pedir um empréstimo para dívidas do começo do ano?

Todo novo ano traz consigo alguns impostos como IPTU, IPVA e outros débitos, como material escolar. Ma...

06 jan, 2022
Ler artigo
s

A provu.com.br pertence à PROVU, CNPJ: 20.265.259/0001-71, com sede na Rua Pais Leme, 524 – Pinheiros, São Paulo – SP, Brasil – CEP: 05424-010.

 

A Provu não é uma instituição financeira, mas sim um prestador de serviços correspondente bancário nos termos do artigo 2º, da Resolução CMN nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011 atuando para as instituições financeiras: SOROCRED CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S/A – CNPJ: 04.814.563/0001-74 e PROVU SOCIEDADE DE CRÉDITO DIRETO S.A – CNPJ Nº 42.627.615/0001-92.

 

Informações gerais sobre as operações de crédito ofertadas: a taxa de juros para empréstimo pessoal varia de 1,99% a 10,95% ao mês. O CET (Custo Efetivo Total) pode variar de 2,39% a.m. (32,77% a.a.) a 11,17% a.m. (256,33% a.a.), dependendo da análise de crédito do cliente e do prazo de pagamento, que pode ser de 12,18, 24, 30 ou 36 meses.

 

Exemplo: valor: R$ 9.000,00; prazo: 18 meses; taxa de juros: 3,52% a.m.; 51,52% a.a.; CET 58,35% a.a.; parcelas: R$ 702,09; IOF: R$ 242,13; valor total: R$ 12.637,62. Estes valores são exemplificativos e poderão variar de acordo com a política de crédito.