Empréstimo: os erros mais comuns durante o pedido

Atenção! A Provu não solicita depósito antecipado ou PIX para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Empréstimo: os erros mais comuns durante o pedido

Por Provu

1 Minuto

Publicado em 24 jun, 2016

Atualizado em 27 jun, 2022

1 min de leitura

Link Copiado!

Quando adquirimos um empréstimo é importante evitar alguns erros durante a solicitação. Na hora de fazer o pedido, algumas pessoas não são honestas o bastante e podem adulterar a renda mensal, por exemplo. A Provu selecionou dicas para que os principais erros sejam evitados:

Não pensar antes de pedir o empréstimo

Não, não haja por impulso. Tomar um crédito é uma decisão séria e que deve ser ponderada com cautela, pois você assume um compromisso financeiro com alguém ou uma instituição. Pense se a operação é realmente necessária nesse momento. Coloque no papel todas as suas despesas e ganhos. Você realmente precisa desse crédito? Se sim, não esqueça de pesquisar o melhor Custo Efetivo Total (CET).

Não fazer simulação do empréstimo

Se colocou todos os ganhos e despesas no papel e o crédito pessoal ainda faz sentido, não se esqueça de pesquisar. Sim, um dos principais erros nessa hora é a falta de pesquisa e simulação de valores. Você não pode acreditar na oferta de crédito do seu banco porque é onde você tem a sua conta corrente há anos. Analisar a oferta de empréstimo do concorrente pode ser uma manobra sábia nessa hora para conseguir taxas melhores. Já pensou em empréstimo pessoal online, como a Provu?

Mentir nos rendimentos mensais

Nunca minta os seus rendimentos mensais durante a solicitação do empréstimo. Isso pode fazer com que você entre na lista negra de bancos e instituições financeiras quando for comprovar a renda indicada e não conseguir. Além disso, não vale a pena dar um passo maior do que a perna e contrair um compromisso financeiro maior do que consegue pagar.

Falsidade ideológica

Documentação errada

Não ter planejamento financeiro

Do que adianta adquirir crédito pessoal se o planejamento não foi feito? Essa é uma falta grave e com a falta de planejamento financeiro, você pode perder mais dinheiro do que poupá-lo. Por isso, tenha um plano antes da solicitação e coloque-o em prática quando adquirir o dinheiro. Dessa maneira, você se livrará de uma dor de cabeça ainda maior no futuro.

Escrito por: Provu

Sem comentários ...

Fazer um comentário:

Conteúdos relacionados
Educação Financeira
Teste: como está sua saúde financeira?

A equipe da Provu preparou um teste para você saber como anda sua saúde financeira e se você precisa p...

27 abr, 2022
Ler artigo
Educação Financeira
Previdência Social: entenda o que é e como funciona

Você já deve ter ouvido idosos falar sobre previdência social. Mas afinal, do que se trata este termo ...

21 abr, 2022
Ler artigo
Educação Financeira
Renda extra: o que é e como ganhar em 2022?

Renda extra é o assunto do momento, e nada melhor do que começar o ano ganhando mais dinheiro, não é m...

14 abr, 2022
Ler artigo
s

A provu.com.br pertence à PROVU, CNPJ: 20.265.259/0001-71, com sede na Rua Pais Leme, 524 – Pinheiros, São Paulo – SP, Brasil – CEP: 05424-010.

 

A Provu não é uma instituição financeira, mas sim um prestador de serviços correspondente bancário nos termos do artigo 2º, da Resolução CMN nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011 atuando para as instituições financeiras: SOROCRED CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S/A – CNPJ: 04.814.563/0001-74 e PROVU SOCIEDADE DE CRÉDITO DIRETO S.A – CNPJ Nº 42.627.615/0001-92.

 

Informações gerais sobre as operações de crédito ofertadas: a taxa de juros para empréstimo pessoal varia de 1,99% a 10,95% ao mês. O CET (Custo Efetivo Total) pode variar de 2,39% a.m. (32,77% a.a.) a 11,17% a.m. (256,33% a.a.), dependendo da análise de crédito do cliente e do prazo de pagamento, que pode ser de 12,18, 24, 30 ou 36 meses.

 

Exemplo: valor: R$ 9.000,00; prazo: 18 meses; taxa de juros: 3,52% a.m.; 51,52% a.a.; CET 58,35% a.a.; parcelas: R$ 702,09; IOF: R$ 242,13; valor total: R$ 12.637,62. Estes valores são exemplificativos e poderão variar de acordo com a política de crédito.