O que acontece com o empréstimo quando a pessoa morre?

Atenção! A Provu não solicita pagamento antecipado para a liberação do Provu Empréstimo Pessoal.

O que acontece com o empréstimo quando a pessoa morre?

Publicado em 27 set, 2017

Atualizado em 25 jul, 2022

1 min de leitura

Link Copiado!

Não é incomum que as pessoas se perguntem o que acontece com o empréstimo pessoal quando a pessoa morre. Há quem tenha medo de ter que arcar com as dívidas do familiar ou mesmo ache poderá ser negativado se não tiver o dinheiro. Há também os que acreditam que a dívida desaparece com a morte de quem tomou o crédito. Hoje vamos tirar as dúvidas sobre este tema.

O que acontece com o empréstimo quando a pessoa morre?

Vamos falar dos mitos e das verdades sobre as dívidas após a morte do devedor?

Quando a pessoa morre as dívidas são quitadas.

Mito. O valor das dívidas será pago pelo patrimônio deixado pelo falecido para seus herdeiros e a quitação das mesmas pode ocorrer inclusive por meio de um seguro prestamista, feito com este fim. Isso quer dizer que quando a pessoa morre a dívida não morre junto.

Quando a pessoa morre as dívidas vão para os herdeiros.

Mito e verdade. Os herdeiros não têm obrigação de quitar o débito deixado pelo falecido, mas as dívidas lhe serão transmitidas no limite da herança recebida. Isso quer dizer que se uma pessoa tinha 2 herdeiros, um patrimônio de R$ 10 mil e uma dívida de R$ 10 mil, sem seguro, a dívida será integralmente descontada do patrimônio que seria recebido.

Mas se ele tiver 2 herdeiros, um patrimônio de R$ 50 mil e uma dívida de R$ 100 mil, os R$ 50 mil que seriam divididos entre os herdeiros passarão a ser usados para o pagamento do débito aberto. O restante será dado como quitado, passando a ser prejuízo da instituição. Isso quer dizer que, de certa forma, os herdeiros vão participar do pagamento da dívida, mas apenas com o patrimônio ao qual teriam direito.

Seguro Prestamista para empréstimo

Uma das coisas que citamos acima foi o seguro prestamista e vamos explicar o que ele é e quando é usado.

O que é?

O seguro prestamista é uma garantia de quitação da dívida caso o segurado venha a falecer, ter uma invalidez permanente ou passar por um desemprego involuntário. O primeiro beneficiário deste seguro, até o limite da dívida, é a instituição credora. Ainda assim, funciona como uma garantia para o tomador de crédito, que terá tranquilidade em caso de imprevistos.

Se o valor contratado no seguro for superior à dívida, a diferença será paga ao segurado, se vivo, ou aos seus herdeiros.

Para que serve o seguro para empréstimo?

Este seguro pode ser utilizado tanto para a quitação da dívida quanto para a liquidação de algumas parcelas em casos específicos. É muito importante observar as coberturas descritas no contrato antes de assinar.

Quanto custa?

O valor do seguro prestamista varia de acordo com o bem, prazo do financiamento, idade do segurado e política da seguradora.

Quando é perdido o direito ao seguro?

Se o segurado aderir a um programa de demissão incentivada, por exemplo, ou simplesmente pedir demissão, ele não terá direito à cobertura do seguro. Além disso, se a incapacidade física de exercer suas atividades estiver ligada a uma doença preexistente, não haverá o pagamento das parcelas previstas no contrato pelo seguro.

SOLICITAR MEU EMPRÉSTIMO

Escrito por: Provu

A Provu surgiu sob o nome de Lendico, mas em 2021 mudou de marca por uma decisão estratégica de reposicionamento e maior alcance dos produtos financeiros. Com essa transformação, trazemos um novo conceito, com a premissa de oferecer mais soluções para os brasileiros mantendo a eficiência, reputação e história da Lendico.

Sem comentários ...

Fazer um comentário:

Conteúdos relacionados
Empréstimo
Cálculo de empréstimo consignado: entenda como funciona

Se você já precisou de um dinheirinho a mais para realizar algo, possivelmente já pensou em tomar um e...

03 mai, 2022
Ler artigo
Empréstimo
Quem pode fazer empréstimo?

O empréstimo é uma boa opção para aqueles que desejam trocar uma dívida cara por outra mais barata, ou...

10 mar, 2022
Ler artigo
Empréstimo
Vale a pena pedir um empréstimo para dívidas do começo do ano?

Todo novo ano traz consigo alguns impostos como IPTU, IPVA e outros débitos, como material escolar. Ma...

06 jan, 2022
Ler artigo

Associações

Prêmios

A provu.com.br pertence à PROVU, CNPJ: 20.265.259/0001-71, com sede na Rua Pais Leme, 524 – Pinheiros, São Paulo – SP, Brasil – CEP: 05424-010.

 

A Provu não é uma instituição financeira, mas sim um prestador de serviços correspondente bancário nos termos do artigo 2º, da Resolução CMN nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011 atuando para as instituições financeiras: SOROCRED CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S/A – CNPJ: 04.814.563/0001-74 e PROVU SOCIEDADE DE CRÉDITO DIRETO S.A – CNPJ Nº 42.627.615/0001-92.

 

Informações gerais sobre as operações de crédito ofertadas: a taxa de juros para empréstimo pessoal varia de 1,99% a 10,95% ao mês. O CET (Custo Efetivo Total) pode variar de 2,39% a.m. (32,77% a.a.) a 11,17% a.m. (256,33% a.a.), dependendo da análise de crédito do cliente e do prazo de pagamento, que pode ser de 12,18, 24, 30 ou 36 meses.

 

Exemplo: valor: R$ 9.000,00; prazo: 18 meses; taxa de juros: 3,52% a.m.; 51,52% a.a.; CET 58,35% a.a.; parcelas: R$ 702,09; IOF: R$ 242,13; valor total: R$ 12.637,62. Estes valores são exemplificativos e poderão variar de acordo com a política de crédito.

 

Desde 2015 revolucionando o acesso ao crédito, a Provu é uma financeira com serviços totalmente digitais que vive o Brasil e o sonho dos brasileiros. A empresa tem vocação humana, enxerga as necessidades e entende os desejos de cada pessoa, com o propósito de amparar os brasileiros com soluções para que realizem planos, saiam da dívida cara e tenham poder de compra.