O que é Pix?

Atenção! A Provu não solicita pagamento antecipado para a liberação do Provu Empréstimo Pessoal.

O que é Pix?

Publicado em 19 fev, 2021

Atualizado em 25 jul, 2022

1 min de leitura

Link Copiado!

O pagamento instantâneo (PIX) é a forma mais simples de passar dinheiro de uma conta para outra

Novembro de 2020 foi marcado pelo novo PIX, o sistema digital de pagamentos instantâneos criado pelo Banco Central (BC), mas que tem ambiente aberto para utilização através de instituições financeiras, fintechs e plataformas de pagamento. Com a variedade de possibilidades que o PIX oferece nesse sentido, a democratização acabou tornando-se uma característica importante, já que pessoas que não têm conta em bancos físicos podem fazer seus pagamentos.

A ideia é trazer ao mercado uma ferramenta dinâmica, tornando possível a realização de pagamentos e transferências em até 10 segundos. Essas transações podem ser feitas apenas digitando o número do celular ou o CPF de quem irá receber, desde que ele já tenha feito o cadastro.

O PIX facilita a rapidez das operações. Você não precisa mais conhecer os dados de agência e conta corrente das pessoas com quem irá transacionar, e nem ao menos perguntar o banco que elas utilizam.

Como usar o Pix?

Desde o lançamento, o PIX está disponível nos aplicativos das instituições financeiras que os usuários carregam no celular. Ali mesmo você faz seu cadastro, aguarde a confirmação e já pode começar a usar.

Para essa liberação, algumas opções são oferecidas como forma de identificar quem é você dentro do PIX. Elas são como seu endereço, assim o sistema sabe exatamente para onde deve ir aquele pagamento ou transferência. Esse apelido, como definiu o próprio Banco Central, é chamado de Chave.

Chaves Pix

São quatro as chaves possíveis de cadastro para essa identificação que você terá dentro do PIX:

  • Número do celular
  • CPF/CNPJ
  • E-mail
  • Chave aleatória

A chave aleatória é um código formado por letras e números, que você envia ao emissor que lhe fará a transferência. Ao utilizar uma dessas chaves no momento da transação, o PIX entende para onde deve ir e de onde está vindo o pagamento, por exemplo. É isso que permite não ser necessário informar bancos, contas e agências.

Uma vez cadastradas as chaves, sempre que estiver no aplicativo e for realizar um pagamento ou transferir dinheiro a alguém, a opção PIX aparecerá para você no momento da operação. Basta selecionar a opção, adicionar a chave que o recebedor utiliza e pronto.

QR Code do PIX

O QR Code, famoso quadradinho formado por barras bidimensionais, o qual você provavelmente já viu em restaurantes, bares e até em alguns sites. Ao fazer a compra, você pode acessar o PIX através do aplicativo da instituição financeira ou da plataforma de pagamento que você utiliza, entrar no PIX e escolher a opção QR Code. Nesse momento a câmera do seu celular abre e você faz a leitura desse código através dela. Ele funciona dando o destino final do pagamento. Com essa opção, o lojista não precisa de um intermediário para a transação, como as maquininhas de cartão, por exemplo. A operação costuma ser rápida e automática.

Ainda dentro da opção QR Code, você vai encontrar dois formatos: dinâmico e estático. O primeiro muda a cada transação. Nele é possível agregar outros valores como juros e multas. A empresa gera exclusivamente para um único pagamento. O estático pode realizar vários pagamentos e são mais utilizados por pequenas e médias empresas, como os restaurantes e bares que falamos acima. Ele pode ter um valor já incluso ou ter o campo de valor aberto.   

NFC

O NFC é mais uma possibilidade de transações com o PIX e algumas pessoas o consideram ainda mais prático, já que você precisa apenas da aproximação do seu celular. Hoje o NFC já é bastante conhecido por estar presente em cartões de crédito e débito, e funciona da mesma maneira, mas ao invés de um cartão, você acessa o PIX pelo seu app, opta pela opção NFC e faz a aproximação do aparelho.

Quais as vantagens do Pix?

O PIX certamente está mudando a forma como o mercado se comporta. As operações são mais rápidas, dispensam a utilização de cartões e dados burocráticos como números de conta corrente e agência. Além da velocidade com que a operação é feita, vale lembrar que o PIX fica disponível 24 horas por dia, todos os dias da semana, incluindo feriados.

As transações podem ser feitas em lugares físicos e virtuais, entre pessoas e empresas, além de não ser possível apenas pagamentos e transferências, mas também o recolhimento de impostos.

O Banco Central promete uma experiência única ao usuário, que fará tudo com mais agilidade e segurança. Todo o processo faz parte da Rede do Sistema Financeiro Nacional e conta com todos os seus critérios de privacidade.

Posso ter chaves de mais de um banco?

Qualquer usuário pode cadastrar o PIX em mais de um banco. No entanto, não é permitido o cadastro da mesma chave em bancos diferentes, para que não impossibilite o PIX de saber para onde enviar o pagamento ou a transferência.

Dessa forma, se no primeiro banco você cadastrou como chave o seu número de celular e CPF, em outro você pode cadastrar apenas o e-mail e, se ainda houver um terceiro que deseje, pode optar pelo cadastro da chave aleatória.

Pix x Ted x Doc

A principal diferença está na velocidade com que o dinheiro chega em seu destino final, assim como a possibilidade de realizar a operação a qualquer momento.

Ao realizar um DOC ou um TED, você precisa informar não apenas o CPF/CNPJ e nome completo de quem vai enviar o dinheiro. Tem que dizer também o código do banco e os números das contas corrente e da agência. Você pode deixar esses contatos cadastrados, se preferir. Com o PIX, as chaves são as únicas exigências para dar continuidade na transação.

No momento, o DOC oferece um limite de até R $4.999,99 e a operação. Porém a operação só cai no dia útil seguinte. O TED dá para transferir qualquer valor e caí no mesmo dia, se a operação for feita até as 17h de um dia útil.

Se quiser saber mais sobre a melhor utilização de TED e DOC e de como a Provu pode te ajudar com isso, preparamos um outro conteúdo que esclarece melhor cada uma das opções.

Por fim, ainda tem mais alguma dúvida sobre o PIX? Calma que a gente pode te explicar! É só deixar aqui nos comentários. Além disso, não esquece se seguir nas redes sociais.

Escrito por: Provu

A Provu surgiu sob o nome de Lendico, mas em 2021 mudou de marca por uma decisão estratégica de reposicionamento e maior alcance dos produtos financeiros. Com essa transformação, trazemos um novo conceito, com a premissa de oferecer mais soluções para os brasileiros mantendo a eficiência, reputação e história da Lendico.

Sem comentários ...

Fazer um comentário:

Conteúdos relacionados
Educação Financeira
Teste: como está sua saúde financeira?

A equipe da Provu preparou um teste para você saber como anda sua saúde financeira e se você precisa p...

27 abr, 2022
Ler artigo
Educação Financeira
Previdência Social: entenda o que é e como funciona

Você já deve ter ouvido idosos falar sobre previdência social. Mas afinal, do que se trata este termo ...

21 abr, 2022
Ler artigo
Educação Financeira
Renda extra: o que é e como ganhar em 2022?

Renda extra é o assunto do momento, e nada melhor do que começar o ano ganhando mais dinheiro, não é m...

14 abr, 2022
Ler artigo

Associações

Prêmios

A provu.com.br pertence à PROVU, CNPJ: 20.265.259/0001-71, com sede na Rua Pais Leme, 524 – Pinheiros, São Paulo – SP, Brasil – CEP: 05424-010.

 

A Provu não é uma instituição financeira, mas sim um prestador de serviços correspondente bancário nos termos do artigo 2º, da Resolução CMN nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011 atuando para as instituições financeiras: SOROCRED CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S/A – CNPJ: 04.814.563/0001-74 e PROVU SOCIEDADE DE CRÉDITO DIRETO S.A – CNPJ Nº 42.627.615/0001-92.

 

Informações gerais sobre as operações de crédito ofertadas: a taxa de juros para empréstimo pessoal varia de 1,99% a 10,95% ao mês. O CET (Custo Efetivo Total) pode variar de 2,39% a.m. (32,77% a.a.) a 11,17% a.m. (256,33% a.a.), dependendo da análise de crédito do cliente e do prazo de pagamento, que pode ser de 12,18, 24, 30 ou 36 meses.

 

Exemplo: valor: R$ 9.000,00; prazo: 18 meses; taxa de juros: 3,52% a.m.; 51,52% a.a.; CET 58,35% a.a.; parcelas: R$ 702,09; IOF: R$ 242,13; valor total: R$ 12.637,62. Estes valores são exemplificativos e poderão variar de acordo com a política de crédito.

 

Desde 2015 revolucionando o acesso ao crédito, a Provu é uma financeira com serviços totalmente digitais que vive o Brasil e o sonho dos brasileiros. A empresa tem vocação humana, enxerga as necessidades e entende os desejos de cada pessoa, com o propósito de amparar os brasileiros com soluções para que realizem planos, saiam da dívida cara e tenham poder de compra.

Esta empresa é membro da ABCD e, como tal, atende às Orientações de Conduta constantes em seu Código de Ética e Autorregulação