Os perigos de usar o cartão de crédito no exterior

Atenção! A Provu não solicita pagamento antecipado para a liberação do Provu Empréstimo Pessoal.

Os perigos de usar o cartão de crédito no exterior

Publicado em 19 out, 2016

Atualizado em 25 jul, 2022

1 min de leitura

Link Copiado!

Uma viagem internacional pode necessitar um planejamento de meses, até de anos, que envolve fazer pesquisas, programações, economias e outros. Por mais que tudo seja planejado, imprevistos acontecem e mesmo querendo evitar, você pode acabar usando seu cartão de crédito no exterior.

O cartão de crédito internacional é uma praticidade, tem vantagens como pontos para trocar por milhagens para sua próxima viagem, é mais seguro que carregar grandes quantias de dinheiro e é aceito em quase todos os lugares. Porém, há o acrescimento do IOF da compras no exterior, de 6,38%, e em muitos cartões o valor é submetido a conversão do dólar com a cotação no momento do fechamento da fatura e não no momento da compra, o que pode ser um susto na hora que chega a fatura, por que no momento da compra você pensou em um valor em real e no momento de pagar pode ficar consideravelmente mais caro.

Como funciona o uso de cartão de crédito no exterior

Mesmo que o dólar não seja a moeda do país que o cartão foi utilizado, a maior parte das operadoras convertem o valor primeiro para o dólar e depois para o real. Por exemplo, uma compra de U$ 600 feita no dia 19/10/2016 quando a cotação do dólar turismo é de R$ 3,32 seria convertida na data em R$ 1992,00 + IOF. Só que se no momento do fechamento da fatura o dólar estiver a R$ 3,50, por exemplo, o valor da compra será de R$ 2100,00 + IOF.

Por isso, ao fazer uma compra no exterior pode ser mais vantagem usar dinheiro ou um cartão pré-pago, no qual o câmbio será definido no momento da compra do crédito.

Parcelamento de compras com cartão de crédito no exterior

Se você tiver um cartão de crédito internacional, será possível fazer suas compras no exterior. Contudo, o parcelamento não é possível. Tudo o que você adquirir virá em uma única fatura ou no máximo duas se parte das compras for realizada após a data de fechamento da fatura do cartão de crédito.

O que é preciso para usar o cartão no exterior

Se você tem a intenção de realmente usar seu cartão durante a viagem precisa de duas coisas: que ele seja um cartão de crédito internacional e avisar ao banco ou emissora que ele será usado em compras fora do país. Esta segunda necessidade funciona como uma medida de segurança, para que o banco libere as transações realizadas. Além disso, se não tiver informado uma viagem e alguém usar seu cartão em outro país, o banco terá a possibilidade de bloquear a transação com mais agilidade.

É possível deixar dívida no exterior?

Dívidas feitas no exterior poderão ser cobradas de acordo com as regras locais, segundo o direito internacional. Não necessariamente uma dívida feita no exterior poderá ser cobrada no Brasil, mas ao retornar ao local poderá haver uma pendência que poderá gerar penas a serem cumpridas.

Em alguns casos no entanto, a dívida pode ser sim vir a ser cobrada no Brasil.

Pagar menos que o valor total da fatura

Quando o valor total da fatura não é pago, o cliente está automaticamente contratando o crédito rotativo para o valor remanescente. O total de taxas (com IOF e etc.) desta modalidade gira em torno de 475% ao ano.

Parcelar a fatura

A maioria das operadoras de cartão oferecem a opção de parcelar a fatura, o valor total da fatura é divido na quantidade de parcelas escolhidas com juros aplicados e adicionado as faturas mensais subsequentes. Apesar de essa opção ter juros menores que crédito rotativo, pode ser perigoso ativá-la sem o devido planejamento, pois não deixa de ser um valor considerável a mais no seu orçamento todo mês.

Fazer um empréstimo com juros mais baixos

A maioria dos empréstimos pessoais possuem tarifas mais baixas que o crédito rotativo. É a opção mais viável para quem quer se organizar melhor sem comprometer o limite do cartão.

Como alternativa interessante existem as empresas que realizam empréstimo online com taxas mais baixas que a média do mercado. Por não possuírem agências físicas, elas têm menores custos operacionais e por isso conseguem apresentar propostas bem mais atrativas de empréstimos. É o caso da Provu, que oferece juros anuais a partir de 48,44% ao ano,

Para evitar surpresas, o ideal é usar moderadamente o cartão de crédito quando fora do país. Aderir a um cartão viagem pré-pago é uma opção que permite maior controle dos gastos e ainda garante a sua segurança.

Escrito por: Provu

A Provu surgiu sob o nome de Lendico, mas em 2021 mudou de marca por uma decisão estratégica de reposicionamento e maior alcance dos produtos financeiros. Com essa transformação, trazemos um novo conceito, com a premissa de oferecer mais soluções para os brasileiros mantendo a eficiência, reputação e história da Lendico.

Comentários (1)
Usuário
Cicero | teixeiracicero277@gmail.com
04/07/2022
Muito bem! Gostei muito de todas as resoluções, muito util!

Fazer um comentário:

Conteúdos relacionados
Cartão de Crédito
Cartão de crédito consignado: o que é e como funciona?

O cartão de crédito consignado é um tipo de cartão oferecido a aposentados, funcionários públicos e pe...

17 fev, 2022
Ler artigo
Cartão de Crédito
Limite disponível para crediário: entenda como funciona

Ao realizar uma compra, geralmente usamos o nosso cartão de crédito, certo? Mas você sabia que existe ...

16 dez, 2021
Ler artigo
Cartão de Crédito
Cartão de crédito com cashback: como funciona?

Antigamente, nem se pensava em gastar dinheiro no cartão e ter algo em troca que não fosse aquilo que ...

16 nov, 2021
Ler artigo

Associações

Prêmios

A provu.com.br pertence à PROVU, CNPJ: 20.265.259/0001-71, com sede na Rua Pais Leme, 524 – Pinheiros, São Paulo – SP, Brasil – CEP: 05424-010.

 

A Provu não é uma instituição financeira, mas sim um prestador de serviços correspondente bancário nos termos do artigo 2º, da Resolução CMN nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011 atuando para as instituições financeiras: SOROCRED CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S/A – CNPJ: 04.814.563/0001-74 e PROVU SOCIEDADE DE CRÉDITO DIRETO S.A – CNPJ Nº 42.627.615/0001-92.

 

Informações gerais sobre as operações de crédito ofertadas: a taxa de juros para empréstimo pessoal varia de 1,99% a 10,95% ao mês. O CET (Custo Efetivo Total) pode variar de 2,39% a.m. (32,77% a.a.) a 11,17% a.m. (256,33% a.a.), dependendo da análise de crédito do cliente e do prazo de pagamento, que pode ser de 12,18, 24, 30 ou 36 meses.

 

Exemplo: valor: R$ 9.000,00; prazo: 18 meses; taxa de juros: 3,52% a.m.; 51,52% a.a.; CET 58,35% a.a.; parcelas: R$ 702,09; IOF: R$ 242,13; valor total: R$ 12.637,62. Estes valores são exemplificativos e poderão variar de acordo com a política de crédito.

 

Desde 2015 revolucionando o acesso ao crédito, a Provu é uma financeira com serviços totalmente digitais que vive o Brasil e o sonho dos brasileiros. A empresa tem vocação humana, enxerga as necessidades e entende os desejos de cada pessoa, com o propósito de amparar os brasileiros com soluções para que realizem planos, saiam da dívida cara e tenham poder de compra.