Vale a pena antecipar o pagamento das dívidas?

Atenção! A Provu não solicita pagamento antecipado para a liberação do Provu Empréstimo Pessoal.

Vale a pena antecipar o pagamento das dívidas?

Publicado em 06 set, 2017

Atualizado em 25 jul, 2022

1 min de leitura

Link Copiado!

A antecipação de dívidas provoca dúvidas e receios em algumas pessoas, especialmente quando entra algum dinheiro extra que poderia ser usado para esse fim.

Estamos chegando ao final do ano e não demora muito para que os funcionários com contrato CLT comecem a receber o tão aguardado 13º salário. Além disso, há aqueles que também contem com caixinhas de final de ano, PPR (Programa de Participação nos Resultados), entre outras bonificações.

Dinheiro extra para alguns pode significar desafogar o orçamento e se livrar de algumas dívidas, para outros pode ser a oportunidade de guardar dinheiro e ainda há os que reservam estes valores para as contas de início de ano. Mas o que vamos discutir hoje é quando vale a pena aproveitar essa grana extra para antecipar o pagamento das dívidas.

Antecipando o pagamento das dívidas

Existem situações em que a antecipação do pagamento das dívidas não é uma questão de valer a pena, mas sim uma necessidade. Se você tem contas atrasadas, nem pense duas vezes antes de renegociar as dívidas e regularizar sua situação. Os juros do atraso de contas costumam ser altos e a falta do pagamento pode levar à negativação do seu nome.

Mas e se as dívidas não estão atrasadas? Bom, neste caso os especialistas indicam que antes de pensar em antecipar suas dívidas é importante avaliar quais são suas reservas. Você tem pelo menos três meses de salário guardados para o caso de ficar desempregado ou acontecer alguma emergência? Se a resposta é não, talvez a melhor opção agora seja começar a fazer isso.

Agora quem já tem reservas para emergências pode aproveitar a oportunidade do dinheiro extra no pagamento das dívidas com descontos. No caso dos empréstimos, por exemplo, a antecipação das parcelas gera o abatimento de juros.

Mas o que é a antecipação do pagamento?

Considera-se antecipação de pagamento de dívidas sempre que é feito o pagamento parcial ou total da mesma antes de seu vencimento. Em alguns casos, para obter um desconto, o consumidor deverá entrar em contato com seu credor para a emissão de um novo boleto. Isso acontece em empréstimos e financiamentos, por exemplo.

Como conseguir dinheiro para quitar ou antecipar dívidas?

Além do dinheiro extra, que já mencionamos aqui, outra forma de quitar dívidas e economizar o que pagaria em juros é buscar outras formas de crédito mais baratas. Se você tem uma dívida no rotativo do cartão de crédito, por exemplo, o empréstimo pessoal com certeza será uma opção melhor.

Além disso, existe também a possibilidade de você já ter um empréstimo e encontrar uma solução melhor, com juros mais baixos. Neste caso, tomar o novo crédito e quitar o primeiro pode lhe dar vantagens. Principalmente porque, por lei, você terá direito ao desconto pela antecipação do empréstimo corrente. Mas é importante lembrar que o Custo Efetivo Total do seu novo crédito precisa ser menor do que o CET do crédito anterior.

Guardar dinheiro ou pagar antecipadamente?

Se você recebeu um dinheiro inesperado e está em dúvida se paga uma dívida não atrasada ou se investe o dinheiro, a resposta é simples: é hora de fazer as contas. É preciso saber quanto você ganha com o investimento e quanto ganharia antecipando a quitação da sua dívida. Este cálculo é fundamental para sua decisão. E sem esquecer do fator de consideração sobre você já ter reservas financeiras ou não.

Sempre que o retorno de uma aplicação for menor do que o que você poupa com a antecipação de uma dívida, opte pela antecipação.

Terminei de pagar uma dívida, e agora?

Bom, se você vinha pagando as parcelas de uma dívida em dia, agora é um bom momento de aproveitar este valor e começar a poupar. Procure se informar sobre os melhores investimentos e faça planos para a reserva financeira. Se você já tem uma poupança para emergências, pode ser a hora de começar um novo investimento de longo prazo para realizar um sonho.

SOLICITAR MEU EMPRÉSTIMO

Escrito por: Provu

A Provu surgiu sob o nome de Lendico, mas em 2021 mudou de marca por uma decisão estratégica de reposicionamento e maior alcance dos produtos financeiros. Com essa transformação, trazemos um novo conceito, com a premissa de oferecer mais soluções para os brasileiros mantendo a eficiência, reputação e história da Lendico.

Sem comentários ...

Fazer um comentário:

Conteúdos relacionados
Educação Financeira
Teste: como está sua saúde financeira?

A equipe da Provu preparou um teste para você saber como anda sua saúde financeira e se você precisa p...

27 abr, 2022
Ler artigo
Educação Financeira
Previdência Social: entenda o que é e como funciona

Você já deve ter ouvido idosos falar sobre previdência social. Mas afinal, do que se trata este termo ...

21 abr, 2022
Ler artigo
Educação Financeira
Renda extra: o que é e como ganhar em 2022?

Renda extra é o assunto do momento, e nada melhor do que começar o ano ganhando mais dinheiro, não é m...

14 abr, 2022
Ler artigo

Associações

Prêmios

A provu.com.br pertence à PROVU, CNPJ: 20.265.259/0001-71, com sede na Rua Pais Leme, 524 – Pinheiros, São Paulo – SP, Brasil – CEP: 05424-010.

 

A Provu não é uma instituição financeira, mas sim um prestador de serviços correspondente bancário nos termos do artigo 2º, da Resolução CMN nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011 atuando para as instituições financeiras: SOROCRED CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S/A – CNPJ: 04.814.563/0001-74 e PROVU SOCIEDADE DE CRÉDITO DIRETO S.A – CNPJ Nº 42.627.615/0001-92.

 

Informações gerais sobre as operações de crédito ofertadas: a taxa de juros para empréstimo pessoal varia de 1,99% a 10,95% ao mês. O CET (Custo Efetivo Total) pode variar de 2,39% a.m. (32,77% a.a.) a 11,17% a.m. (256,33% a.a.), dependendo da análise de crédito do cliente e do prazo de pagamento, que pode ser de 12,18, 24, 30 ou 36 meses.

 

Exemplo: valor: R$ 9.000,00; prazo: 18 meses; taxa de juros: 3,52% a.m.; 51,52% a.a.; CET 58,35% a.a.; parcelas: R$ 702,09; IOF: R$ 242,13; valor total: R$ 12.637,62. Estes valores são exemplificativos e poderão variar de acordo com a política de crédito.

 

Desde 2015 revolucionando o acesso ao crédito, a Provu é uma financeira com serviços totalmente digitais que vive o Brasil e o sonho dos brasileiros. A empresa tem vocação humana, enxerga as necessidades e entende os desejos de cada pessoa, com o propósito de amparar os brasileiros com soluções para que realizem planos, saiam da dívida cara e tenham poder de compra.