Cartão de crédito consignado: o que é e como funciona?

cartão de crédito consignado

O cartão de crédito consignado é um tipo de cartão oferecido a aposentados, funcionários públicos e pensionistas que funciona da mesma forma que um empréstimo consignado, ou seja, com faturas descontadas da folha de pagamento.

O brasileiro é um tomador de crédito de mão cheia, e para diversas situações, ele pode ser um aliado importante. 

Com um bom planejamento e um pouco de educação financeira, é possível procurar ferramentas para tomar crédito com responsabilidade e segurança.

Dentre os produtos conhecidos, o cartão de crédito consignado é mais um deles.

Neste artigo, nós vamos te contar um pouco sobre como ele funciona e a quem é destinado. Acompanhe!

O que é cartão de crédito consignado?

O cartão de crédito consignado é um produto normalmente oferecido pelas instituições financeiras responsáveis pelo gerenciamento das contas das instituições públicas de servidores e pensionistas. 

Assim, geralmente funcionários públicos, aposentados e pensionistas do INSS podem utilizá-lo, e é muito semelhante a um cartão de crédito convencional. 

Ou seja, pode-se utilizá-lo da mesma forma e com as mesmas vantagens dos demais cartões, com diferença apenas na forma de cobrança das faturas. 

Como o cartão de crédito consignado funciona?

Esse tipo de cartão funciona basicamente como um empréstimo consignado, onde as parcelas, nesse caso faturas, são descontadas diretamente da folha de pagamento das pessoas que o contrataram.

Por essa razão, torna-se importante que somente os bancos responsáveis pelas instituições públicas possam oferecê-lo. 

Dessa forma, o conhecimento sobre a situação financeira de cada servidor e pensionista é maior, além de o desconto ser diretamente na fonte, o que permite conceder limites saudáveis e melhores taxas de juros.

Qual é o limite do cartão de crédito consignado?

Ao contratar o cartão de crédito consignado, a instituição financeira irá analisar a renda mensal do solicitante para então atribuir um valor de limite. 

O valor descontado de forma automática na folha de pagamento do salário, benefício ou aposentadoria, como falamos acima, é o valor mínimo da fatura, e ele não deve ultrapassar 5% da renda.

Dessa forma, se o seu benefício é de R$ 2.000,00, por exemplo, o valor mínimo da fatura não deverá ser maior do que R$ 100,00. 

Como funciona a fatura de um cartão de crédito consignado?

As faturas costumam ser idênticas às de um cartão de crédito convencional no sentido da disposição das informações. 

Nelas, você terá acesso ao valor total da fatura, descrição das compras, valor mínimo descontado no contracheque e o saldo restante que deverá ser quitado.

Por exemplo, imagine que a fatura do cartão chegou com todas as compras no valor de R$ 500,00. Se o desconto foi de R$ 100,00, conforme utilizamos no exemplo anterior, o restante a ser quitado será de R$ 400,00. 

Como funciona a cobrança de juros?

A cobrança de juros é outro ponto que cartões de crédito consignados e convencionais têm em comum. 

Se você pagar as faturas em dia, nunca haverá incidência de juros. Porém, caso haja apenas o pagamento da parcela mínima, já que ela vem descontada automaticamente, os juros recairão sobre o saldo restante.

Nesse sentido, as taxas podem variar de acordo com a instituição financeira. Por isso, vale a pena consultar antes de fazer a contratação. 

Quais são as vantagens do cartão de crédito consignado?

  • Os cartões de crédito são conhecidos por terem uma das maiores taxas de juros de todas as modalidades, mas isso é um pouco diferente com os consignados. Isso porque as instituições financeiras possuem mais informações sobre a sua renda e podem fazer o desconto das parcelas mínimas. Assim, o risco tomado é menor, sendo possível repassar taxas mais acessíveis;
  • É possível realizar saques de até 95% do seu limite. No entanto, consulte sempre as taxas de cobrança do saque, para evitar dores de cabeça e surpresas no futuro;
  • Compras no varejo normalmente são oferecidas com melhores condições de parcelamento e desconto;
  • Não existe anuidade nos cartões de crédito consignados. Ou seja, você não paga taxas mensais ou anuais para manter o seu cartão. 

Desvantagens do cartão de crédito consignado

  • Esse é um dos pontos mais preocupantes para todos os tomadores de crédito: o risco de endividamento. Consignado ou não, cartões de crédito podem ser perigosos se não houver disciplina e educação financeira. Dessa maneira, compreenda que você deverá pagar por todo crédito posteriormente. Além disso, mesmo com taxas menores, juros ainda são juros, e podem facilmente virar uma bola de neve;
  • O dinheiro na mão costuma ser uma segurança muito grande, e por isso o descontrole financeiro começa. Sacar o limite do seu cartão de crédito pode ser uma saída, como comentamos no tópico acima, mas o que acontece ao perder a noção do valor, e de repente perceber que todo o crédito foi embora, mas será cobrado na próxima fatura?

Posso cancelar cartão de crédito consignado?

Sim, mas antes você deve saber que para a maioria das instituições que oferecem o produto, a margem consignável é de uso exclusivo e os solicitantes só podem utilizá-la uma vez. Por isso, em caso de dúvidas, é sempre melhor consultar os termos do seu contrato.

Se realmente o cancelamento for definitivo, é possível solicitar o bloqueio, para que o serviço possa ser retomado depois.

Mas se o seu interesse é realmente cancelar o seu cartão consignado, saiba que antes será necessário garantir que não existem pendências em faturas futuras como novas compras, saques, ou algum tipo de renegociação de dívidas.

Se esse for o caso, você precisa quitar todas as dívidas antes de entrar em contato com a instituição para solicitar o cancelamento.

Ao longo deste conteúdo, você conferiu o que é e como funciona o cartão de crédito consignado. Ainda tem dúvidas? Deixe aqui pra gente nos comentários! 

Antes de ir, compartilhe este artigo com seus amigos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.