5 dicas para quem quer economizar em casa

Atenção! A Provu não solicita depósito antecipado ou PIX para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

5 dicas para quem quer economizar em casa

Por Provu

4 Minutos

Publicado em 25 ago, 2017

Atualizado em 25 ago, 2017

4 min de leitura

Link Copiado!

Economizar em casa pode fazer uma grande diferença no orçamento doméstico e te ajudar a se livrar das dívidas.

Não importa se é época de crise ou não, encontrar formas de economizar nos permite usar nosso dinheiro de forma mais inteligente e com as coisas que são realmente importantes para nossas vidas. Por isso, trazer dicas de economia é um dos compromissos do blog da Provu, afinal, queremos que nossos clientes encontrem a saúde financeira.

Dicas para economizar em casa

Hoje separamos X dicas que vão lhe ajudar a economizar com os gastos de casa e começar a usar o dinheiro nas coisas que realmente são importantes para você.

Dica 1: Organize suas contas

Não adianta dizer que não consegue guardar dinheiro e não se esforçar para mudar isso. É claro que o custo de vida é alto e é possível que adequá-lo ao seu salário seja difícil, mas é preciso que estabeleça suas prioridades e tente guardar sempre que possível uma reserva para os eu lazer e para os seus sonhos.

Para isso você precisa controlar quais são as suas despesas e quais as receitas da casa. Além disso, busque sempre colocar suas contas básicas, como água, luz, gás, telefone e internet no débito automático. Assim você evita esquecer de pagar e, consequentemente, evita pagar juros altos.

Mas e o cartão de crédito? Se você tem pleno controle dos seus gastos e acompanha a fatura do cartão, não há problema em colocá-lo também em débito automático, mas se não adquiriu este hábito ainda, prefira receber a fatura para depois pagá-la. Isso fará você ter mais consciência de onde está indo seu dinheiro e em que está gastando mais do que deveria.

Procure também sempre controlar seu saldo bancário. Com a tecnologia que temos é cada vez mais fácil fazer isso, afinal muitos bancos oferecem aplicativos que têm a função de verificar o extrato. Utilize isso a seu favor e fuja do cheque especial.

E para organizar as contas também vale a pena pensar na data de vencimento delas. É bom que nunca vençam no dia do seu pagamento, mas que também a data de vencimento não seja tão distante. Procure programá-las para vencer dois ou três dias depois da data de seu pagamento.

Dica 2: Reflita sobre o lugar onde você mora

A localização de seu imóvel e o tipo de imóvel influenciam e muito nos seus gastos. Se mora de aluguel, e principalmente se mora sozinho, buscar um imóvel perto do trabalho pode fazer muito sentido. Calcule seus gastos com transporte e tempo e os gastos de moradia em cada lugar, o que mora e perto do trabalho. Coloque tudo na balança e veja como pode gastar menos.

Dica 3: Busque os desperdícios de sua casa

Está gastando muito em eletricidade? Ou talvez sua conta de água não faça sentido? Pois é possível que você esteja utilizando estes recursos de forma errada e desperdiçando, além deles, o seu dinheiro. Que tal verificar seus aparelhos e o que pode estar causando o problema?

Dica 4: Alimentação

O que é mais importante para você: sair no final de semana ou comer fora todo dia? Talvez fazer marmitas não seja sua praia e você prefira se alimentar em restaurantes próximos ao trabalho a ficar cozinhando. Mas se cozinhar for um hobby para você, que tal trocar o restaurante por marmitas saudáveis e guardar dinheiro para sair no final de semana com os amigos?

Dica 5: Fuja dos juros altos

Independentemente de você tomar um empréstimo pessoal ou financiamento para comprar uma casa, por exemplo, é sempre importante que faça muita pesquisa e fuja dos juros altos. Os valores cobrados pelas instituições bancárias pode variar muito, de acordo com a política e com a análise de crédito feita por cada uma.

Por isso, para economizar de verdade e usar seu dinheiro nas coisas que realmente lhe interessam, pesquise, compare e contrate crédito com juro justo e com parcelas que caibam em seu orçamento.

SOLICITAR MEU EMPRÉSTIMO

Escrito por: Provu

Sem comentários ...

Fazer um comentário:

Conteúdos relacionados
Educação Financeira
Teste: como está sua saúde financeira?

A equipe da Provu preparou um teste para você saber como anda sua saúde financeira e se você precisa p...

27 abr, 2022
Ler artigo
Educação Financeira
Previdência Social: entenda o que é e como funciona

Você já deve ter ouvido idosos falar sobre previdência social. Mas afinal, do que se trata este termo ...

21 abr, 2022
Ler artigo
Educação Financeira
Renda extra: o que é e como ganhar em 2022?

Renda extra é o assunto do momento, e nada melhor do que começar o ano ganhando mais dinheiro, não é m...

14 abr, 2022
Ler artigo
s

A provu.com.br pertence à PROVU, CNPJ: 20.265.259/0001-71, com sede na Rua Pais Leme, 524 – Pinheiros, São Paulo – SP, Brasil – CEP: 05424-010.

 

A Provu não é uma instituição financeira, mas sim um prestador de serviços correspondente bancário nos termos do artigo 2º, da Resolução CMN nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011 atuando para as instituições financeiras: SOROCRED CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S/A – CNPJ: 04.814.563/0001-74 e PROVU SOCIEDADE DE CRÉDITO DIRETO S.A – CNPJ Nº 42.627.615/0001-92.

 

Informações gerais sobre as operações de crédito ofertadas: a taxa de juros para empréstimo pessoal varia de 1,99% a 10,95% ao mês. O CET (Custo Efetivo Total) pode variar de 2,39% a.m. (32,77% a.a.) a 11,17% a.m. (256,33% a.a.), dependendo da análise de crédito do cliente e do prazo de pagamento, que pode ser de 12,18, 24, 30 ou 36 meses.

 

Exemplo: valor: R$ 9.000,00; prazo: 18 meses; taxa de juros: 3,52% a.m.; 51,52% a.a.; CET 58,35% a.a.; parcelas: R$ 702,09; IOF: R$ 242,13; valor total: R$ 12.637,62. Estes valores são exemplificativos e poderão variar de acordo com a política de crédito.