7 dúvidas comuns sobre empréstimo pessoal

Atenção! A Provu não solicita depósito antecipado ou PIX para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

7 dúvidas comuns sobre empréstimo pessoal

Por Provu

3 Minutos

Publicado em 24 mai, 2017

Atualizado em 24 mai, 2017

3 min de leitura

Link Copiado!

Todos os dias milhares de pessoas procuram por empréstimo pessoal, mas nem todo mundo entende exatamente como esta modalidade de crédito funciona. É comum recebermos dúvidas aqui no blog, em nossas redes sociais, por e-mail e até mesmo por telefone.

Pensando em ajudar estas pessoas, separamos sete dúvidas muito comuns entre quem procura crédito. Se não respondermos a sua, deixe a pergunta nos comentários.

1. O que é empréstimo pessoal?

O empréstimo pessoal é uma modalidade de crédito oferecida por bancos ou financeiras. Nesta opção não existem tantas condições aos clientes. Em geral, a pessoa que faz um pedido de empréstimo pessoal passa por uma análise de crédito, que permite se saber se ela terá condições de pagar.

2. Quanto posso tomar de empréstimo?

O valor máximo de empréstimo disponibilizado considera diversas variáveis, sendo a renda apenas uma delas. Na Lendico o valor do empréstimo pessoal pode variar entre R$ 2.500 e R$ 50 mil.


[youtube https://www.youtube.com/watch?v=92cCyHujWBM]

3. Posso ter mais de um empréstimo ao mesmo tempo?

Sim, mas isso depende da análise financeira feita pela instituição e também serão considerados outros fatores. Vale lembrar ainda que antes de tomar um novo crédito você deve verificar se realmente terá condições de arcar com ambos.

4. Quem pode pedir?

O empréstimo pode ser solicitado por pessoas maiores de idade, que tenham conta corrente e que possam comprovar renda. Contudo, toda solicitação passa por uma análise de crédito e o pedido não garante a aprovação.

5. Pode pedir estando negativado?

Existem instituições que trabalham com linhas de crédito para negativados, mas neste caso os juros são altos e há mais restrições quanto ao limite e ao prazo de pagamento. Na Lendico não há esta opção de crédito.


[youtube https://www.youtube.com/watch?v=wKdFt8wPnl8]

6. Se meu nome não está negativado, sou automaticamente aprovado?

Não. A ausência de restrições no CPF não é o único fator determinante para a aprovação do crédito.


[youtube https://www.youtube.com/watch?v=ARpufp-B1iE]

7. Qual a taxa de juro?

Depende. Além de ter diferença de uma instituição para outra, em algumas, como na Lendico, a taxa pode variar conforme a análise de crédito. Lembre-se também de sempre olhar para o CET (Custo Efetivo Total) do empréstimo. É nele que você tem todos os custos envolvendo o pagamento do valor solicitado.

SOLICITAR MEU EMPRÉSTIMO

Escrito por: Provu

Sem comentários ...

Fazer um comentário:

Conteúdos relacionados
Empréstimo
Cálculo de empréstimo consignado: entenda como funciona

Se você já precisou de um dinheirinho a mais para realizar algo, possivelmente já pensou em tomar um e...

03 mai, 2022
Ler artigo
Empréstimo
Quem pode fazer empréstimo?

O empréstimo é uma boa opção para aqueles que desejam trocar uma dívida cara por outra mais barata, ou...

10 mar, 2022
Ler artigo
Empréstimo
Vale a pena pedir um empréstimo para dívidas do começo do ano?

Todo novo ano traz consigo alguns impostos como IPTU, IPVA e outros débitos, como material escolar. Ma...

06 jan, 2022
Ler artigo
s

A provu.com.br pertence à PROVU, CNPJ: 20.265.259/0001-71, com sede na Rua Pais Leme, 524 – Pinheiros, São Paulo – SP, Brasil – CEP: 05424-010.

 

A Provu não é uma instituição financeira, mas sim um prestador de serviços correspondente bancário nos termos do artigo 2º, da Resolução CMN nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011 atuando para as instituições financeiras: SOROCRED CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S/A – CNPJ: 04.814.563/0001-74 e PROVU SOCIEDADE DE CRÉDITO DIRETO S.A – CNPJ Nº 42.627.615/0001-92.

 

Informações gerais sobre as operações de crédito ofertadas: a taxa de juros para empréstimo pessoal varia de 1,99% a 10,95% ao mês. O CET (Custo Efetivo Total) pode variar de 2,39% a.m. (32,77% a.a.) a 11,17% a.m. (256,33% a.a.), dependendo da análise de crédito do cliente e do prazo de pagamento, que pode ser de 12,18, 24, 30 ou 36 meses.

 

Exemplo: valor: R$ 9.000,00; prazo: 18 meses; taxa de juros: 3,52% a.m.; 51,52% a.a.; CET 58,35% a.a.; parcelas: R$ 702,09; IOF: R$ 242,13; valor total: R$ 12.637,62. Estes valores são exemplificativos e poderão variar de acordo com a política de crédito.