Como funciona o empréstimo com garantia de veículo?

Atenção! A Provu não solicita depósito antecipado ou PIX para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Como funciona o empréstimo com garantia de veículo?

Por Provu

4 Minutos

Publicado em 20 abr, 2018

Atualizado em 20 abr, 2018

4 min de leitura

Link Copiado!

Existem muitos tipos de crédito no mercado e um deles é o empréstimo com garantia de veículo. O fato é que na hora de escolher, muita gente fica em dúvida se é uma boa opção ou não.

Pensando nisso, trazemos aqui as vantagens e desvantagens do empréstimo com garantia de veículo em relação a outros tipos de crédito.

Vantagens do empréstimo com garantia de veículo

O crédito pessoal que usa como garantia o veículo é também conhecido como refinanciamento de veículo. Ele é uma modalidade de empréstimo na qual o tomador usa seu carro, moto, etc, como garantia, diferente do empréstimo pessoal sem garantia.

Como o tomador de crédito está oferecendo algo como garantia em caso de não pagamento da dívida, os juros destes empréstimos acabam sendo menores. Ainda assim, vale observar que empresas como a Provu podem oferecer taxas similares sem a garantia. É preciso pesquisar antes de fechar o negócio.

Uma das vantagens do empréstimo com garantia de veículo é que ele pode ser tomado por quem tem nome sujo. Contudo, a pessoa passará por uma análise de crédito, podendo o empréstimo ser liberado ou não.

Em relação ao valor do empréstimo, é possível conseguir de 50% a 90% do valor do veículo. Este percentual varia de acordo com a instituição financeira. Além disso, dependerá do ano de fabricação do bem. Quanto mais novo o veículo, melhores taxas você poderá conseguir.

Outra facilidade é que se você for cliente do banco no qual fizer este empréstimo, poderá fazer o pagamento com débito em conta.

Desvantagens do empréstimo com garantia

Para poder pedir um empréstimo com garantia de veículo o automóvel deverá estar quitado e em seu nome. Mesmo que você seja casado, por exemplo, não poderá pedir para você um empréstimo usando o bem que está em nome do cônjuge.

Além disso, outra desvantagem desta modalidade de crédito é que seu bem fica alienado e portanto não pode ser vendido até que a dívida seja quitada.

E lembre-se, mesmo que você esteja ofertando um bem como garantia, a instituição financeira não é obrigada a lhe conceder crédito.

E por fim, esta modalidade é mais burocrática do que um crédito pessoal convencional, afinal, o veículo passa por vistoria, fica alienado e você corre o risco de perder o bem. Além disso, muitas instituições não aceitam carros muito antigos, o que pode significar veículos com 10 anos ou mais.

O que acontece se eu não pagar?

O veículo dado como garantia de empréstimo fica alienado e portanto, em caso de inadimplência, o bem pode ser perdido.

O que é preciso para pedir este tipo de empréstimo?

  • O veículo precisa estar em bom estado de conservação e funcionamento
  • Será feita uma vistoria do bem para avaliar qual seu real valor como garantia
  • O veículo deve estar em nome do tomador de empréstimo
  • É preciso que o bem esteja totalmente quitado e sem outra alienação

Documentos necessários para fazer o empréstimo

Você precisará de RG, CPF, comprovante de renda, comprovante de endereço e o documento do veículo (CRV).

Quem oferece este tipo de empréstimo?

Diversos bancos e instituições financeiras oferecem este tipo de empréstimo com garantia de veículo. Banco do Brasil, Caixa Econômica (Aporte Auto Caixa) e Bradesco são algumas das opções de banco para fazer este tipo de pedido de crédito. Além disso, para quem busca uma simulação online, é possível recorrer à Creditas uma plataforma digital que atua como correspondente bancário.

Negativado pode tomar empréstimo com garantia de carro?

Esta condição dependerá dos critérios estabelecidos pela empresa que ceder o crédito com garantia de veículo. É possível que uma determinada instituição aceite o risco, mas não necessariamente qualquer instituição de crédito fornecerá o empréstimo nestas condições.

SOLICITAR MEU EMPRÉSTIMO

Escrito por: Provu

Sem comentários ...

Fazer um comentário:

Conteúdos relacionados
Empréstimo
Cálculo de empréstimo consignado: entenda como funciona

Se você já precisou de um dinheirinho a mais para realizar algo, possivelmente já pensou em tomar um e...

03 mai, 2022
Ler artigo
Empréstimo
Quem pode fazer empréstimo?

O empréstimo é uma boa opção para aqueles que desejam trocar uma dívida cara por outra mais barata, ou...

10 mar, 2022
Ler artigo
Empréstimo
Vale a pena pedir um empréstimo para dívidas do começo do ano?

Todo novo ano traz consigo alguns impostos como IPTU, IPVA e outros débitos, como material escolar. Ma...

06 jan, 2022
Ler artigo
s

A provu.com.br pertence à PROVU, CNPJ: 20.265.259/0001-71, com sede na Rua Pais Leme, 524 – Pinheiros, São Paulo – SP, Brasil – CEP: 05424-010.

 

A Provu não é uma instituição financeira, mas sim um prestador de serviços correspondente bancário nos termos do artigo 2º, da Resolução CMN nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011 atuando para as instituições financeiras: SOROCRED CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S/A – CNPJ: 04.814.563/0001-74 e PROVU SOCIEDADE DE CRÉDITO DIRETO S.A – CNPJ Nº 42.627.615/0001-92.

 

Informações gerais sobre as operações de crédito ofertadas: a taxa de juros para empréstimo pessoal varia de 1,99% a 10,95% ao mês. O CET (Custo Efetivo Total) pode variar de 2,39% a.m. (32,77% a.a.) a 11,17% a.m. (256,33% a.a.), dependendo da análise de crédito do cliente e do prazo de pagamento, que pode ser de 12,18, 24, 30 ou 36 meses.

 

Exemplo: valor: R$ 9.000,00; prazo: 18 meses; taxa de juros: 3,52% a.m.; 51,52% a.a.; CET 58,35% a.a.; parcelas: R$ 702,09; IOF: R$ 242,13; valor total: R$ 12.637,62. Estes valores são exemplificativos e poderão variar de acordo com a política de crédito.